acompanhe as 6 dicas preciosas que vão orientá-lo na escolha e instalação de suas obras

Tamanho e altura realmente importam na hora de pendurar a obras?
Com certeza há padrões definidos que deixam o espaço mais harmonioso, no entanto, tenho visto obras expostas das mais diversas maneiras, algumas inclusive contrariando algumas normas consolidadas, que encantam justamente pela criatividade da instalação.
Vale atentar-se para a altura dos quadros: geralmente medindo-se do chão ao centro da peça, deverá ter entre 1,60 e1,65m. O alinhamento também é algo super importante, uma vez que nosso cérebro ama simetria e quadros desalinhados roubam a beleza do conjunto artístico. Não esquecer que uma tela imensa em uma parede pequena ou vice-versa não é uma boa solução.
A iluminação dá sempre um destaque a mais na obra.
A iluminação tem importância total, ela muda o resultado completamente. A obra requer uma boa e adequada iluminação, feita com o uso de material adequado para não danificar a peça. A instalação de spots com foco direcionado à obra é fundamental para que a mesma ganhe o destaque que merece.
A paleta de cores do ambiente deve ser considerada. Acho interessante quebrar os tons neutros do ambiente – paredes, sofás, cortinas, como muitos preferem ultimamente – com obras coloridas, alegres e ousadas. Pessoalmente, adoro o uso do preto e branco, sofisticado e uma aposta que dificilmente dá errado.
A arte cabe até em um lavabo ou cozinha
Para mim, a arte é fundamental em qualquer espaço da casa! Gosto da arte como destaque em uma parede, posicionada no chão, em cima de aparadores… Elas trazem harmonia e refletem a personalidade do lugar e de seus moradores.
Peças de design assinadas podem ser consideradas obras de arte
Essa é uma longa discussão que, aliás, pessoalmente me atrai muito: o design – de qualidade funcional – tornando-se cada vez mais contemplativo, qualidade atribuída à arte. Busquei muito referência e leitura sobre o assunto e li um trecho de algo interessante: “a cadeira dos Irmãos Campana, designers brasileiros, pode ser considerada arte? Pense bem, afinal, ela está exposta no Museu de Arte Moderna de Nova York, no MoMA”. Acho que isto finaliza a questão.
Como fazer uma parede-galeria
‘Ensaiando’ antes no chão. Faço uma marcação do tamanho do espaço da parede no chão e, então, realizo vários testes para avaliar. Gosto de muitas obras ocupando um espaço, de maneira que cada uma delas possa ser a mais importante dependendo do ângulo e momento em que se olha para aquela parede. Se todas as obras forem do mesmo tamanho, uma mesma série – por exemplo – de flores ou pássaros, aposto na simetria absoluta, com molduras iguais. Caso contrário, adoro uma diversificação, usando molduras diferentes e suportes e técnicas variadas também. Acho de extremo bom gosto a mistura de pintura, gravura, fotografia, escultura de parede, prato etc.

Estamos à disposição para tirar suas dúvidas sobre obras de arte e expografia. Conte com a gente. Deixe seu e-mail e WhatsApp e receba nossas dicas e promoções de obras de arte.